| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Entrelinhas
Desde: 26/03/2009      Publicadas: 27      Atualização: 20/06/2009

Capa |  Geral  |  Local


 Local

  02/04/2009
  0 comentário(s)


O Fenômeno mais conhecido como "Teatro Mágico"

Um espetáculo que mistura canções intercaladas com mensagens de voz, ruídos, de telefone, sinais de rádio e artistas circenses.

O Fenômeno mais conhecido como
O fenômeno Teatro Mágico

  Ao digitar TEATRO MÁGICO na página do Google são encontradas mais de setecentas mil citações da trupe e mais de oito mil vídeos postados no Youtube, um dos sites mais acessados pelos internautas.

  O Teatro Mágico foi formado há seis anos na cidade de Osasco, São Paulo. Um projeto idealizado pelo ator, compositor e músico da banda Fernando Anitelli, que reúne desde elementos do teatro, circo, poesia, música e literatura. Um show que se transforma num verdadeiro espetáculo no palco, com mistura de canções que são intercaladas com mensagens de voz, ruídos, sinais de rádio e artistas circenses.

  A maquiagem e as roupas de palhaços fazem uma alusão de personagens que vivem escondidos dentro de cada um de nós, transmitindo mensagens do nosso cotidiano de forma cênica e acessível, e assim, a trupe que é formada por dez músicos e três artistas circenses percorre o país há seis anos com mais de 500 shows realizados, em média de 1.000 pessoas por apresentação. Entrada para Raros e O Segundo Ato, os dois trabalhos da trupe somam mais de 90 mil cópias vendidas, números estes, que ultrapassaram inclusive bandas consagradas do cenário musical.

  O fascínio que o Teatro Mágico exerce sobre todos que assistem aos shows é impressionante, tanto, que o espetáculo foi considerado o melhor show nacional pelo Guia Folha em 2007. Como o próprio Aniteli define, o show é como "um grande sarau", com manifestações artísticas improvisadas das festas do interior que têm um pouco de tudo e de tudo um pouco. Uma verdadeira demonstração de cultura.

  Autor: Nara Sonallio





Capa |  Geral  |  Local
Busca em

  
27 Notícias