| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Entrelinhas
Desde: 26/03/2009      Publicadas: 27      Atualização: 20/06/2009

Capa |  Geral  |  Local


 Geral

  11/04/2009
  0 comentário(s)


Mulheres fotógrafas

Apaixonadas por fotografias, as mulheres estão conquistando cada dia mais o mundo das imagens.

Mulheres fotógrafas
Elirani Ap. P. Fernandes, 38 anos, casada, fotógrafa, sempre gostou de fotografia, e quando surgiu a oportunidade de fazer um curso, comentou com o noivo que concordou em fazer.
Começou na verdade como hobby, e logo que se casou, frequentaram cursos e feiras em Sao Paulo. Fotograam há quase 13 anos.
Gosta de fotografar casamento. Mas começou com book, que é mais tranqüilo, não tem a preocupação de errar.
O primeiro trabalho foi de graça, para adquirir experiência, foi um casamento.
Elirani gosta de coisas diferentes, que não é tradicional, diz que o melhor ängulo vê no momento, é detalhista, gosta de observar, sempre presta atenção na cena. Acredita que a maioria das pessoas preferem ser fotografadas por mulheres, por ficarem mais a vontade, descontraídas, conversarem, rirem.
Elirani comenta que para posicionar a pessoa depende do momento, da visão, tem que verificar luzes, sol, fundo, procura deixar a pessoa mais a vontade.
Sua dica é que a pessoa tem que procurar sempre melhorar, buscar novidades, inovar, não ficar numa regra, tem que buscar coisas novas, aperfeiçoar, ver algo novo e não copiar, somente tirar uma outra idéia, as vezes o que viu é legal mais falta algo, é só acrescentar.
Quanto a vida familiar conta que quando teve suas filhas estava trabalhando, ficou um tempo fazendo alguns eventos, não constante, o marido é que fazia mais. E depois que começou deixava as filhas com sua mãe, era difícil, tinha que sair escondida.
Hoje seu estúdio é na própria residência, tendo que conciliar tudo: a casa, o estúdio, as pessoas, as filhas, o marido, confessa que as vezes fica cansada, tem vontade de chutar o "balde", mas gosta muito do que faz e continua fazendo, consegue conciliar tudo, dá conta do recado.
Quando começou a fotografar eram muitas poucas mulheres que fotografavam, e no começo filmava também, a cämara era pesada, uma M9000, e quando as pessoas viam até davam uma risadinha. Tinha a impressão que os homens olhavam meio torto, não acreditavam que as mulheres conseguiriam, poderiam fotografar certinho
Hoje está bem mais acessível para mulheres, estão conquistando seu espaço. Diz que na última formatura era quase cinqüenta por cento de fotógrafas mulheres.
Elerini afirma que fotografia é muito bom, conquiista, é uma área gratificante.

Mileny Daré, 31 anos, casada, fotógrafa. O pai é fotógrafo, cresceu no meio da fotografia que sempre gostou, admirava a profissão.
Começou com 16 anos, onde já viajava bastante e trabalhava como profissional, fotografava em alguns estado.
Gosta muito de fotografar noiva, acha muito trabalhoso mais também o mais gratificante.
O que mais fotografa é criança, foto de estúdio e aniversário.
Mileny diz que o melhor ängulo depende do modelo, tem que verificar o perfil da pessoa e ver o ângulo que combina mais com ela. Acredita que a preferência do público por fotógrafos depende do profissional, tem profissional homem que deixa as pessoas mais a vontade e mulheres que também conseguem, mas no geral, acredita que as pessoas preferem mulheres, principalmente com criança, porque a mulher tem mais paciência, mais jeito de conversar.
Sempre olha se a pessoa ficou bem na foto, e os detalhes básico são: cor, pele, enquadramento, nitidez, ângulo, fundo também é importante, tem que ter uma avaliação geral.
Gosta de foto jornalista, fotos ousadas também são importantes e fazem parte, mas suas preferidas são as jornalisticas, porque conseguem pegar o momento da emoção verdadeira, é mais interessante.
A respeito de sua vida familiar dia que é a tarefa mais complicada, porque hoje em dia com a fotografia digital leva muito serviço para casa, tem que mexer bastante no computador, fotografar, cuidar da casa, do marido, sendo que trabalha o dia todo, a noite quando tem evento e final de semana. Desabafa que realmente as horas de folga são poucas, a família não gosta muito da profissão, reclama, mas tem que entender.
Quando começou a fotografar foi na kello formaturas (empresa fotogafica), eram trës mulheres e mais ou menos uns 380 homens, haviam as pessoa com ar de indignação, achavam um pouco estranho mulher fotografar, porque não era comum, ouve um pouco de resistência da parte deles fotógrafos, não aceitavam muito bem a idéia, mas hoje tem várias mulheres no mercado, dominando a área.
Mileny conclui que a fotografia é maravilhosa, faz parte da vida, é gratificante e muito importante registrar e guardar, eternizar os momentos importantes da vida das pessoas.
E diz que quem gosta realmente da fotografia tem que levar em frente, porque é muito gratificante.

Elenice Silva Vieira, 37 anos, casada, fotógrafa. Sempre foi apaixonada por fotografia.
E o que a levou a fotografar profissionalmente, foi ver que eu quase não tinha fotos da sua infância, isso a fez querer muito fotografar.
Começou com o incentivo de um amigo fotógrafo profissional, que viu suas fotos e percebeu sua paixão por fotografia, colocou uma máquina profissional em suas mãos, e foi aí que começou fotografando a família, quando percebeu já tinha feito alguns cursos, e não parou mais.
Fotografa desde adolescente, mas profissionalmente há 10 anos.
Gosto de fotos descontraídas, aquelas que a pessoa não espera, ao natural, paisagens...
adora capturar um sorriso, aquele que a pessoa ri com vontade , ri porque achou algo engraçado mesmo ou porque está feliz.
Adora fotografar crianças, com elas não se cansa, acaba rindo com elas, se diverti.
Elenice acrescenta que quando vai fotografar uma pessoa ou algo, seus olhos já analisam o assunto para capturar o melhor, quando é adulto sempre pergunta qual o estilo , qual lado a pessoa gosta e tenta capturar o melhor para que quando ela veja a foto se surpreenda!
Ainda comenta que é de cada um...mas o que vale é o entrosamento entre o fotógrafo, seja ele mulher ou homem, e o fotografado. Mas...como fotografa na maioria
crianças e mulheres grávidas, percebe que elas ficam mais a vontade com mulher fotografando.
Para Elenice uma boa foto captura luz e transmite emoção.
Elenice dá a dica que para fotografar e pegar a melhor posição, tem que ir colocando a pessoa e olhando, cita como exemplo, quando olha uma pessoa para fotografar, gosta de olhar de todos os lados, e mudar a iluminação, de um lado e de outro pra ver como fica, é como olhar um rosto limpo e visualizá-lo já maquiado e a pessoa produzida.
O trabalho de Elenice é inusitado, vai na casa das clientes fotografar, ao estilo antigo, quando os fotógrafos batiam na porta perguntando se as pessoas queriam fotografar, a diferença é que faz no estilo moderno, as clientes ligam e agendam, e lá vai Elenice com suas bagagens de equipamentos: iluminação, fundos, acessórios e sua máquina. Confessa que adora tudo isso, sente que as pessoas ficam mais a vontade em suas casas do que dentro de um estúdio.
Seu endereço para quem gostou do seu perfil é no site do orkut: ahf-fotografia Elenice Silva Vieira

  Autor:   Adriana Bueno


  Mais notícias da seção Mix no caderno Geral
15/06/2009 - Mix - Alerta sobre balões e fogos de artifícios
Comuns nas comemorações das festas juninas e julinas, os balões e os fogos podem colocar a vida de outras pessoas em risco e causar acidentes. ...
13/04/2009 - Mix - Bromélia comestível
Você sabia que o abacaxi é uma flor e que cientificamente é conhecido como bromélia?...
10/04/2009 - Mix - Atividades do Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros de Maringá, hoje está dividido em cinco unidades e conta com quase cem homens, que atendem ocorrências como incêndios, acidentes, afogamentos e ferimentos...
02/04/2009 - Mix - Invasão de conforto
Elas são a nova onda do Brasil. Perfeitas para o dia a dia os chinelos de borracha vieram com tudo no verão ...
02/04/2009 - Mix - Chico Buarque e o Cottonet
"Vamos ouvir o teatro e ver a música do Chico"...
02/04/2009 - Mix - A moda dos músicos
Hoje em dia, não faltam artistas de outras áreas criando suas próprias grifes ou colaborando com as já existentes. E nem a crise parece ter tirado a vontade de alguns de participarem dessa grande empreitada comercial...
02/04/2009 - Mix - A nova onda da arte
É notável o crescimento de adeptos da tatuagem no Brasil, o que antes era preconceito tornou-se hábito. Inclusive para as futuras mamães...
02/04/2009 - Mix - Dicas para um bom currículo
Além de qualificação profissional e experiência, um currículo bem elaborado também conta pontos positivos para quem quem está à procura de uma boa oportunidade ...



Capa |  Geral  |  Local
Busca em

  
27 Notícias